Dodó Miranda

Na terça-feira passada arranjei um convite para assistir a um concerto no Hotel Trópico organizado pela Embaixada da Noruega no âmbito do programa de comemorações do centenário da independência do paí­s. Aqui em Luanda estas ocasiões são para agarrar com quantas mãos se tiver ao pé (parafraseando um célebre comentador desportivo), pois os eventos culturais não são tão numerosos como seria desejável.

Neste caso particular não fiquei nada arrependido de o ter feito.

Os músicos não eram de primeira linha; duvido que sejam muito conhecidos, mesmo na Noruega. Mas eram competentes o suficiente para garantir uma boa noite de música. O programa estava dividido em duas partes, para todos os gostos. Na primeira, música clássica, com temas de Grieg, Rossini e, para aligeirar, o "Somewhere over the rainbow". Na segunda, standards de jazz e soul, interpretados com garra e convicção por um cantor e uma cantora.

Foi nesta parte do espectáculo que tive uma grande revelação: a certa altura os noruegueses convidaram ao palco um músico angolano, chamado Dodó Miranda, que tinham conhecido uns dias antes. E o homem roubou-lhes o show, interpretando, com eles, o "Georgia on my mind" e, a solo, uma canção angolana e outra do Congo. Sozinho ao piano, com garra e uma voz excepcional, arrancou grandes aplausos à  sala cheia de convidados. Dodó Miranda – um nome a reter.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller apaixonado por contar estórias e ajudar outras pessoas e marcas a contar as estórias delas. Divide o seu tempo entre Portugal, Brasil e Angola, tendo já escrito mais de 3500 páginas de guiões produzidos de longas metragens, telefilmes, séries de televisão e curtas.

6 thoughts on “Dodó Miranda”

  1. dodo miranda

    realmente confirmo k foi exactamente o k aconteceu foi incrivel … so tenho kdar gracas a Deus pelaoportunidade k mefoi concedida … sinceramente , a partir da tenho estado sempre na noruega em festivais de jazz … (dodo miranda)

  2. nelson quifica

    Não estive no espectáculo, mas conhecendo o Dodó, como conheço, não tenho a menor dúvida do que aqui está exposto sobre o espectáculo. Ele é um dos melhores músicos angolanos: Sou um fã!

    Força a todos.

  3. João Nunes

    Nelson,
    somos todos fãs do Dodó, que só tenho pena de não ter tido oportunidade de voltar a ver depois disto. Mas foi uma honra ter tido o comentário dele a confirmar essa noite excepcional.

  4. Qdo temos humildades, Deus faz destas coisas realidade em nossas vidas e Dodo e um exemplo,
    Que continues firmes e Deus te vai abencoar sempre.

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Shopping Cart
  • Your cart is empty.
Scroll to Top
%d bloggers like this: