Luanda de dia

Luanda tem uma cara diferente de dia, como uma mulher bonita que nos apresentam num bar e com quem acordamos de manhã sem ter tido tempo para a conhecer bem.

Despida da maquilhagem da noite, vêm-se-lhe as rugas, os pés-de-galinha, todas as cicatrizes e sinais.

Mas não é por isso que deixa de ser bonita, apesar dos traços de uma vida difí­cil e de muitos maus tratos .

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller apaixonado por contar estórias e ajudar outras pessoas e marcas a contar as estórias delas. Divide o seu tempo entre Portugal, Brasil e Angola, tendo já escrito mais de 3500 páginas de guiões produzidos de longas metragens, telefilmes, séries de televisão e curtas.

1 thought on “Luanda de dia”

  1. pedro justino alves (o anexo da Ana)

    Se a «mulher bonita» africana assemelhar-se com a «mulher bonita» brasileira, encantadora e atraente à noite e surpreendente, dolorosa e raivosa durante o dia, terás uma donzela por descobrir e segredos por desvendar. A «maquilhagem da noite» seduz, mas é de dia que encontramos o seu ser e a sua verdadeira personalidade, personalidade essa escondida nas singulares ruelas do seu corpo…

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Shopping Cart
  • Your cart is empty.
Scroll to Top
%d bloggers like this: