Avançar para o conteúdo

Perguntas & Respostas: como escrever um sonho?

    Tenho outra dúvida. Como é que se escreve um sonho de uma personagem ou uma situação que ela imagina acordada? Se você me pudesse ajudar era perfeito.
    Félix

    Félix

    Um sonho escreve-se exactamente como qualquer outra cena, descrevendo as imagens, sons, acções e diálogos que o espectador vai ver e ouvir no ecrã. A única diferença é que, para esclarecimento do leitor, indicamos, no primeiro cabeçalho e no fim da sequência, o início e o fim do sonho. Será qualquer coisa como isto:

    SONHO – EXT. BOSQUE – NOITE

    Mariana flutua pelo meio das árvores, alguns palmos acima da terra. O nevoeiro que forra o solo, até onde a vista alcança, parece estender-se na direcção dos seus pés descalços, suspensos.

    Mariana começa a subir ligeiramente, mas o nevoeiro estica-se e enrola-se nas suas pernas nuas, puxando-a novamente para baixo. Mariana agita-se, angustiada, tentando escapar, mas o nevoeiro começa a subir e a engoli-la.

    MARIANA

    Não!

    INT. SALÃO GÓTICO – NOITE

    Mariana surge, de cabeça para baixo, do nevoeiro que também cobre o chão de um grande salão, como se tivesse atravessado directamente do bosque para ali.

    Morcegos voam em debandada, passando por ela e circulando ao seu redor.

    FIM DO SONHO

    INT. QUARTO DE MARIANA – NOITE

    Mariana acorda sobressaltada, a testa coberta de suor, os olhos muito abertos. Olha em redor, perdida, e só passado alguns instantes consegue perceber que está na segurança do seu quarto.

    Repare na palavra SONHO antes do cabeçalho, e na indicação de FIM DO SONHO, a seguir às duas cenas que compõem a sequência onírica. Tudo o resto é escrito exactamente da mesma maneira que seria qualquer outra cena do guião.

    Um último reparo: é muito frequente um guionista introduzir uma sequência de sonho apenas para dar profundidade, ou trazer algum mistério, ao seu guião. Isto deve ser evitado a todo o custo; os sonhos, tal como os FLASHBACKS (que, aliás, são escritos exactamente segundo a mesma lógica) só devem ser usados quando acrescentam realmente alguma coisa à estória.

    E já nem falo daquela solução demasiado gasta em que, depois de acontecerem mil e uma coisas, o personagem acorda e percebemos que – surpresa! – era tudo um sonho…

    Para escrever um sonho acordado, eu usaria a mesma técnica mas chamaria FANTASIA,  IMAGINAÇÃO, ou DEVANEIO, e certificar-me-ia, na cena anterior e na seguinte, que ficava bem claro quem estava a sonhar acordado.

    13 comentários em “Perguntas & Respostas: como escrever um sonho?”

    1. Pingback: Flashback 2009 | joaonunes.com

    2. Marcieli lavandoski

      quero escrever um sonho mas nao tenho palavras
      poderiam me ajudar
      Meu sonho é ter uma padaria
      Sou separada a 3 anos
      Tenho um filho de 21 anos
      Por enquanto moro em Maravilha -SC
      Mas minha casa é em Sao miguel do oeste -SC
      que fica 47 km de maravilha
      Minha casa em Sao miguel do oeste é alugada
      queria muito voltar pra la mas tenho q pagar minhas dividas aqui em maravilha.
      Para depois voltar pra la com meu filho
      E para tentar montar minha padaria em Sao Migeul do oeste.

      Preciso que me ajudem me mandando palavras para escrever a carta.
      me mandem nesse email. marcieliplavandoski@yahoo.com.br

    3. Sonhei que estava esperando meu marido em algum lugar e nada dele chegar ficava me enrolando dizendo que ja estava chegando e demorando… eu ai atras dele e por acaso ele estava bem proximo de mim então eu pegava algum prtence dele como se foce um porta alguma coisa, eu abria essa caixa porta alguma coisa e lá estava um sabonete de MOTEL, e logo ficava irritada por que ele não estava comigo e nem muito menos me levado…
      O que significa???

    4. Olá estou escrevendo um roteiro para um trabalho acadêmico, e gostaria de saber como faço para introduzir a narrativa de uma personagem diante de uma flashback. É que a personagem vai descrever a cena, e enquanto ela descreve o flashback ocorrerá, porém não sei como detalhar isso no roteiro. Poderia me explicar como se faz isso?

      1. Se entendi bem a sua pergunta bastará combinar uma voz off (V.O.) com o flashback. Já escrevi artigos sobre ambos os temas, por isso se fizer uma busca no blogue às palavras “flashback” e “voz off” encontrará todas as explicações. Mas, em resumo, ficará algo como

         

        FLASHBACK – EXT. MATA – NOITE

        Um grupo de homens caminha pela mata escura. Nem a luz da lua consegue penetrar a barreira espessa das copas das árvores.

                      FRANCISCO (V.O.)
              Saímos de noite para aproveitar o escuro.

         

        e etc.

        Cuidado, no entanto, com a utilização da voz off apenas para descrever o que as imagens estão a mostrar. É um uso errado e rdundante desse recurso.

    5. Olá João! Tudo bom? Em um sonho no mesmo ambiente. Eu devo criar outro cabeçalho quando o personagem vai acorda? Ou basta apenas escrever fim do sonho, e logo abaixo descrever a nova cena?

      1. Olá Aco, normalmente há sempre uma diferença de ambiente entre o sonho e o local onde a pessoa acorda. Nesse caso deve escrever um novo cabeçalho, pois na produção será necessário planear esse novo cenário.
        Mas no raro caso em que sonho e realidade ocorrem exactamente no mesmo local e circunstâncias, penso que pode fazer como está a sugerir: escrever apenas FIM DO SONHO e continuar a descrição da cena no mesmo ambiente.
        O importante, como sempre realço, é que o leitor do guião não se perca e saiba exactamente onde está e o que está a acontecer em cada momento.

    6. Compreendo muito bem tudo oque li, contudo, ainda há uma dúvida, é possível fazer um intervalo e entre-calar a realidade com o sonho?

      1. Olá Rapha,
        num guião pode sempre fazer tudo o que for necessário para contar a SUA estória da melhor maneira possível, com o máximo de interesse. A única questão é fazê-lo de uma forma que todas as pessoas que leiam o guião entendam as suas intenções e não se percam.
        Se bem entendi a sua questão, penso que uma boa maneira de o fazer seria assim (usando o exemplo do artigo):
        .
        SONHO – EXT. BOSQUE – NOITE
        Mariana flutua pelo meio das árvores, alguns palmos acima da terra. O nevoeiro que forra o solo, até onde a vista alcança, parece estender-se na direcção dos seus pés descalços, suspensos.
        Mariana começa a subir ligeiramente, mas o nevoeiro estica-se e enrola-se nas suas pernas nuas, puxando-a novamente para baixo. Mariana agita-se, angustiada, tentando escapar, mas o nevoeiro começa a subir e a engoli-la.
        MARIANA
        Não!
        .
        INTERCALA COM:
        .
        INT. QUARTO DE MARIANA – NOITE
        Mariana agita-se na cama, incomodada com o sonho.
        .
        SONHO – INT. SALÃO GÓTICO – NOITE
        Mariana surge, de cabeça para baixo, do nevoeiro que também cobre o chão de um grande salão, como se tivesse atravessado directamente do bosque para ali.
        Morcegos voam em debandada, passando por ela e circulando ao seu redor.
        FIM DO SONHO
        .
        INT. QUARTO DE MARIANA – NOITE
        Mariana acorda sobressaltada, a testa coberta de suor, os olhos muito abertos.
        Olha em redor, perdida, e só passado alguns instantes consegue perceber que está na segurança do seu quarto.
        .
        Esta solução serve perfeitamente, mas pode haver outras. O importante é ser sempre claro e compreensível sobre o que as pessoas vão ver e ouvir na tela, em que sequência.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.