Avançar para o conteúdo

Uma cena de Conexão

    No trailer de "Conexão" salta à vista (pelo menos para mim, que a escrevi) uma cena: o almoço que reune pela primeira vez os traficantes portugueses 1 e os galegos.

    conexao-cena-foto

    Porque acho que a cena está muito bem escrita (modéstia à parte, que não estamos em tempos para isso) e como meu contributo pessoal para abrir o apetite para o filme, deixo aqui a cena completa, tal como aparecia no guião.

    EXT. QUINTA DOS ALBERRO – PÁTIO – DIA

    No pátio da quinta dos Alberro está montada uma longa mesa, coberta por uma toalha branca imaculada. A mesa está coberta com um exagero de garrafas de vinho, travessas de queijos, enchidos, pães regionais e pratos diversos confeccionados.

    Mais de VINTE PESSOAS, entre velhos, crianças, homens e mulheres afadigam-se a atacar os acepipes.

    Numa das extremidades da mesa estão a TIA MARICA, ladeada por MIGUEL ÂNGELO e JOSÉ BAPTISTA. Ao lado destes estão, respectivamente, TONI e JUAN ALBERRO. Todos comem com apetite e a conversa animada entre Marica e José versa um assunto que ambos dominam: a culinária.

    MARICA

    Diz-me então que o sangue é a última coisa a juntar...?

    JOSE BAPTISTA

    Exactamente. Quando o arroz de lampreia já está no ponto, junta-se o sangue e serve-se de imediato.

    Marica sorri e olha os filhos.

    MARICA

    Estão a ouvir? É um bom conselho, este. O sangue é a última coisa a juntar...

    Toni e Juan sorriem com o comentário.

    MARICA

    (para Miguel)

    E o senhor Miguel Ângelo, não gosta de cozinha?

    MIGUEL ANGELO

    Gosto de comer. De cozinhar, nem por isso...

    MARICA

    Mas olhe que não é difícil. O segredo da boa cozinha é só um. Sabe qual é?

    MIGUEL ANGELO

    Não...

    MARICA

    Os ingredientes. Arranje os ingredientes da melhor qualidade, e qualquer prato fica uma delícia.

    Miguel leva uma garfada à boca.

    MIGUEL ANGELO

    Como este.

    Marica sorri.

    MARICA

    E para arranjar os melhores produtos, é preciso apenas uma coisa.

    (pausa)

    Os melhores fornecedores. Concorda comigo, não concorda?

    MIGUEL ANGELO

    Plenamente.

    MARICA

    Depois, basta respeitar a tradição. Aprender com os mais velhos e respeitar a tradição.

    Aponta a ponta da faca a Miguel.

    MARICA

    Eu acho que você daria um bom cozinheiro, sabe?

    MIGUEL ANGELO

    Com uma professora como a D. Marica, não duvido.

    A velha senhora sorri. Gostou da resposta.

    Notas de Rodapé

    1. que na produção do filme ficaram portugueses e espanhóis

    6 comentários em “Uma cena de Conexão”

    1. Brilhante! Tenho aprendido muito mais neste site do que nalguns livros que li. Aqui apresentas a prática, não a teoria, e ela está por todo o lado. Obrigado por partilhares isto.

    2. Olá.
      Muito Bom.
      Para fazer este argumento o João teve que fazer uma pesquisa e ter o máximo de informação sobre o tráfico de droga procedimentos da policia em Portugal e Espanha, etc.
      Como é que foi a preparação para escrever este argumento, quando tiver tempo, podia fazer um post sobre isso ??

      Obrigado.

    3. Olá.
      Gostei bastante do trailer e achei particularmente interessante o diálogo nesta cena.
      Descobri o este site e estou interessadíssimo no curso de guionismo. Vou dar os meus primeiros passos neste mundo em breve.
      Vou manter-me atento ao que escreve. Bom trabalho.
      Obrigado,
      Sérgio.

    4. Pingback: Flashback 2009 | joaonunes.com

    5. Pingback: Mais um trailer de Conexão

    6. Pingback: "Conexão"amanhã e domingo na RTP 1

    A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.