Avançar para o conteúdo

O teste Bechdel para filmes

    Já encontrei várias referências a este "teste", por isso resolvi partilhá-lo aqui. Destina-se a avaliar a importância das mulheres num filme e, por consequência, num guião.

    O teste Bechdel foi criado em 1985, numa banda desenhada de Allison Bechdel, e ganhou gradualmente o seu lugar nos memes contemporâneos. Resume-se a três perguntas:

    • O filme tem duas mulheres com nomes próprios?
    • Essas duas mulheres falam uma com a outra?
    • Quando falam uma com a outra, falam de outra coisa que não um homem?

    Não é, obviamente, uma avaliação da qualidade de um filme, nem sequer da importância dos papéis femininos: o primeiro Alien, que tem uma extraordinária personagem feminina, chumba no teste, enquanto o seu sucessor, Aliens, sendo igualmente bom, passa.

     

    Por outro lado a recente comédia It's complicated tem um monte de mulheres com nomes próprios, que quando falam entre si é sempre acerca de homens. Não deixa por isso de ser um retrato feminino divertido, interessante e sensível.

    Mas é engraçado verificar a quantidade de filmes que reprovam, especialmente se verificarmos que o oposto é a norma: em todos os filmes há pelo menos dois homens com nomes próprios, que falam uns com os outros acerca de outras coisas que não mulheres.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.