As formas das estórias segundo Kurt Vonnegut

Há algum tempo atrás publiquei aqui um artigo sobre as regras de escrita de Kurt Vonnegut. Para quem não o leu recomendo-o vivamente.

Volto hoje a esse grande escritor com um video divertidíssimo em que ele exemplifica, de uma forma muito sui generis, as formas gráficas dos tipos mais comuns de estórias. O vídeo (em inglês) convida a umas boas gargalhadas, mas também a alguma reflexão sobre as verdades fundamentais que nele estão implícitas.

Para quem queira guardar as palavras, a transcrição do texto pode ser encontrada (também em inglês) aqui.

Como é normal neste tipo de coisas, alguém quis levar a brincadeira um pouco mais longe. E o resultado é este: usar o Google Correlate para procurar gráficos de pesquisas que, na sua forma, acompanham de perto os gráficos originais de Vonnegut. Esta última etapa é absolutamente inútil mas não deixa de ser engraçada.

Via: Kottke

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller apaixonado por contar estórias e ajudar outras pessoas e marcas a contar as estórias delas. Divide o seu tempo entre Portugal, Brasil e Angola, tendo já escrito mais de 3500 páginas de guiões produzidos de longas metragens, telefilmes, séries de televisão e curtas.

1 thought on “As formas das estórias segundo Kurt Vonnegut”

  1. Pingback: JOÃO NUNES | formas das estórias | As formas das estórias | ciência, dramaturgia, escrita, guionismo, inteligência artificial |

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Shopping Cart
  • Your cart is empty.
Scroll to Top