Oito coisas difíceis de explicar aos jovens escritores

Um artigo sobre as grandes verdades da vida para os escritores, resumido numa curta lista de grande utilidade para todos os que vivem da escrita, mas sobretudo para os que estão a começar ou a pensar começar, esse caminho:

  • Não és um “natural”.
  • Vais ter de trabalhar pelo teu sucesso.
  • Podem passar anos antes de encontrares a tua voz própria.
  • Os teus amigos vão exagerar nas lisonjas.
  • A tinta vermelha é a tua melhor amiga.
  • A luta e o esforço hão de dar resultados.
  • A grande maioria dos escritores ganham pouco dinheiro, mas os “escribas” podem ter uma vida decente. É a diferença entre publicar livros e ter uma profissão centrada nas várias modalidades de escrita e comunicação.
  • Um editor faz sempre falta.

Via: First Today, Then Tomorrow

Fotografia: Eugene Chystiakov em Unsplash

Oito coisas difíceis de explicar aos jovens escritores

Este Artigo Tem 2 Comentários

  1. Berni Ferreira

    Muito interessante.

    A incluir na próxima lista de compras:

    – 1 frasco de tinta vermelha
    – 1 editor

    cumprimentos a todos!

    1. João Nunes

      Acho que a tinta vermelha se compra melhor em marcadores de ponta fina, para cortar 10% e mais uns trocos de tudo o que escrevemos. Só para começar ;-)

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.