Software de guião Story Touch foi lançado com versão gratuita

O software de guião Story Touch, sobre o qual escrevi há pouco tempo, foi finalmente lançado. No seu site pode encontrar quatro versões progressivamente mais complexas, sendo a mais básica de todas gratuita.

O programa, que foi criado pelo diretor de Cidade dos Homens, Paulo Morelli, é apresentado como "um software completo de criação e desenvolvimento dramático. Com cores e gráficos, você terá um verdadeiro raio-x do roteiro."

Já baixei a versão gratuita, que inclui um editor de texto para guião, e vou analisá-la com atenção. Penso escrever um artigo mais completo sobre o software (quem sabe depois de comprar uma das versões mais avançadas).

Software de guião Story Touch foi lançado com versão gratuita

Este Artigo Tem 9 Comentários

  1. Antunes

    Estou tentado a comprar, mas antes quero ver a sua availiação.

  2. Ruben

    Fiz download mas o programa não abre.

    1. João Nunes

      Tem a certeza que baixou a versão certa para o seu computador? Parece que o site não reconhece automaticamente a nossa configuração. Eu tive que ir verificar qual das várias versões Mac era a adequada para o meu processador.

      1. Ruben

        Sim, tenho a certeza. Quando tento abrir o programa, aparece-me uma mensagem que diz não encontrar a aplicação JAVA. Mas eu tenho essa aplicação.

  3. Rosa

    Esta acontecendo o mesmo problema do comentarista Ruben. Fiz duas vêzes o download e não abre.

  4. Cícero Soares

    Também aguardo sua avaliação, João, mas… independente dela também já estou tentado à compra. Pois minha avaliação, por enquanto, é das melhores. Essas novidades “gráficas” de visualização do desenvolvimento da estória, por exemplo, acho que podem ser muito promissoras.

    Tive (e não só eu) um probleminha na importação do Final Draft, mas era um bug, que foi prontamente corrigido pelo suporte. A solução de importação (em .txt, com formatação), aliás, considerei bem eficiente, o que não ocorre com o Celtx.

    Quanto ao questão das versões (Mac, no meu caso, com a última atualização do Snow Leopard ) baixei, testei todas elas e todas funcionaram perfeitamente. O Java no Mac é, digamos, nativo (cuja atualização é verificada pelo próprio sistema), então é estranho o StoryTouch não “encontrá-lo”. No Windows isso pode acontecer, já que é preciso a iniciativa do usuário para fazer o download e instalação.

    Quer dizer, digo isso como usuário um tantinho mais do que leigo, né? rs. Então aconselho a procurarem o suporte (via email, o link encontra-se no sítio do aplicativo). Fiz isso, além de relatar outros problemas (mais coisa de detalhes), para oferecer algumas sugestões, e fui prontamente atendido pela Mariana Bravo.

    Hum… É, suporte é suporte…rs. Tem esse outro email, que é dela: marivb@gmail.com

  5. Hadassa

    Olá… Gostei muito do seu site… gosto de cinema… e as vezes me arrisco a escrever alguns roteiros… e ja me arrisquei a fazer um curtinha.. risos
    Quero muito aprender…
    Voce está de parabens!
    Beijos com Sabor de Vida!@!@

    Hadassa

    1. João Nunes

      Gostei da expressão que escolheu: “me arrisco a escrever“.
      Escrever é sempre um risco; umas vezes acertamos, outras falhamos. A solução é continuar a insistir, nunca desistir. A prática continuada melhora as nossas chances de sucesso.
      Boas escritas!

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller que gosta de ajudar os outros a contar as suas próprias estórias. Divide o seu tempo entre Angola, Brasil e Portugal e já escreveu mais de 3500 páginas de guiões produzidos de curtas e longas metragens, telefilmes e séries de televisão.