“Na realidade, para mim, a escrita sempre foi a verdadeira forma de arte. Dirigir e interpretar são formas de arte interpretativas. Por isso a escrita é o mais importante” – Clint Eastwood

“Na realidade, para mim, a escrita sempre foi a verdadeira forma de arte. Dirigir e interpretar são formas de arte interpretativas. Por isso a escrita é o mais importante” – Clint Eastwood, revista Written By de Nov/Dez 2011

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller apaixonado por contar estórias e ajudar outras pessoas e marcas a contar as estórias delas. Divide o seu tempo entre Portugal, Brasil e Angola, tendo já escrito mais de 3500 páginas de guiões produzidos de longas metragens, telefilmes, séries de televisão e curtas.

3 thoughts on ““Na realidade, para mim, a escrita sempre foi a verdadeira forma de arte. Dirigir e interpretar são formas de arte interpretativas. Por isso a escrita é o mais importante” – Clint Eastwood”

    1. João Nunes

      Também concordo. E fiquei com ainda mais admiração pelo velhinho, que continua a dar cartas.

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Shopping Cart
  • Your cart is empty.
Scroll to Top
%d bloggers like this: