Avançar para o conteúdo

Perguntas & Respostas: como descrever um homem invisível

    Como descrever um homem invisível? –

    Rui

    Presumo que se esteja a referir a uma estória de tipo fantástico em que um personagem tem o poder da invisibilidade. Vejamos como essa situação é tratada no guião de “Harry Potter – The Half-Blood Prince”.

    INT. COMPARTIMENTO – ENTARDECER/NOITE

    Conformes Blaise e Pansy se preparam para sair, Malfoy agarra a pequena mala, pensativo.

    MALFOY

    Vocês vão andando. Quero certificar-me de uma coisa.

    Malfoy fecha a porta do compartimento. Baixa as cortinas. Uma pausa.

    MALFOY

    A tua mãezinha nunca te disse que é feio bisbilhotar, Potter? Petrificus Totalus!

    Malfoy roda e aponta a varinha mágica para o compartimento das bagagens.

    Alguma coisa bate no chão com um SOM ABAFADO. O Manto da Invisibilidade desliza e vemos Harry, paralizado no chão. Malfoy sorri.

    MALFOY

    Ah, é verdade, ela já tinha morrido antes de saberes limpar a baba do teu queixo.

    Malfoy pisa com força o rosto de Harry. SNAP!

    Sangue espirra do nariz de Harry. Malfoy arranca o Manto de Invisibilidade, e sacode-o sobre Harry.

    MALFOY

    Boa viagem para Londres.

    EXT. ESTAÇÃO – NOITE (MOMENTOS DEPOIS)

    Malfoy desce do comboio, aperta cuidadosamente o seu manto e desaparece na noite.

    CUT TO:

    (Nota: A tradução é minha.)

    Como se percebe no excerto acima, o guionista, Steve Kloves, limita-se a relatar o que podemos ver no ecrã: Alguma coisa bate no chão com um SOM ABAFADO. O Manto da Invisibilidade desliza e vemos Harry, paralizado no chão.

    Não há vestígio de descrições especiais, tipo “Alguém invisível anda pelo compartimento mas como é invisível não o podemos ver”. Nada: apenas descreve exatamente o que o espectador está a ver e ouvir em cada momento, de uma forma que o leitor do guião entenda. Isso normalmente é o suficiente.

    Deixe aqui as suas questões

    Se tem quaisquer dúvidas sobre guionismo, sejam elas técnicas, artísticas, profissionais ou motivacionais, aproveite o Mês das Perguntas e deixe-as no formulário abaixo. Tentarei responder tão depressa e tão completamente quanto possível.

    Nota: o seu endereço irá para a lista de emails da newsletter deste blogue. Nunca partilharei esse endereço com ninguém e só lhe escreverei quando tiver informação de interesse. Poderá cancelar a assinatura a qualquer momento.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.