Avançar para o conteúdo

Perguntas & Respostas: Como escrever cabeças falantes

    Olá João, quando escrevemos cabeças falantes (talking heads), em que um personagem fala para a câmara, como se estivesse a ser entrevistado (The Office), qual a melhor maneira de o descrever? – Ricardo

    Olá Ricardo, veja como o fazem nos guiões de The Office, que refere:

    CABEÇA FALANTE DE MICHAEL (MICHAEL TALKING HEAD)

    MICHAEL

    O tipo das TI e eu não começámos lá muito bem.

    E em Modern Family, outra série que usa o formato:

    ENTREVISTA DE PHIL E CLAIRE

    CLAIRE

    Meter toda a gente na rua de manhã é duro -- especialmente no primeiro dia de aulas.

    PHIL

    Desde que nos levantamos às sete horas até os deixarmos na escola é sempre vai, vai, vai.

    Depois de uma pausa...

    CLAIRE

    Eu levanto-me às seis.

    PHIL

    Aquilo és tu? Pensava que tínhamos um texugo em casa.

    Como vê, são soluções muito simples. Nos Cabeçalhos escrevem simplesmente ENTREVISTA DE XPTO ou CABEÇAS FALANTES DE XPTO e depois seguem directamente para os Diálogos, com um mínimo de indicações de Acção.

    É claro que nos casos referidos é mais fácil, porque o formato está estabelecido nas séries desde o início. Mas mesmo na primeira vez em que a situação aparece, nos guiões dos episódios-piloto, os autores já usam a mesma forma de a apresentar.

    A única diferença é que, no piloto de Modern Family, incluíram uma legenda com o nome dos personagens.

    ENTREVISTA -- PHIL & CLAIRE

    LEGENDA: “Phil & Claire”

    CLAIRE

    Criar filhos é como construir um carro. Temos um tempo limitado para nos certificarmos de que a direcção funciona, e os travões param, e o motor é de confiança, antes de os mandarmos para a estrada, e se nos enganámos nem que seja num mínimo parafuso, vão despistar-se, cair numa ravina e explodir.

    Pausa desconfortável.

    PHIL

    A malta diverte-se à brava.

    Se quiser introduzir este tipo de cenas com cabeças falantes num guião, pode usar uma qualquer variação destes formatos. Por segurança, na primeira vez que apresentar a situação, pode acrescentar um parágrafo inicial de descrição da situação, para afastar quaisquer dúvidas de interpretação.

    Poderia ser assim:

    DEPOIMENTO – D. AFONSO HENRIQUES

    O futuro rei de Portugal está sentado num trono exagerado, com um grande tapete vermelho por trás. Fala directamente para a câmara.

    LEGENDA: D. Afonso Henriques

    AFONSO

    Felizmente que o Freud ainda não nasceu, senão esta relação com a minha mãe ia dar muito que falar.

    (pausa)

    Por outro lado, já toda a gente leu Sófocles...

    Tal como para a maior parte das situações fora da norma, o importante é que os leitores do guião entendam exactamente o que queremos que se veja na tela. Qualquer solução que respeite esse requisito básico está à partida correcta.

    Recursos

    Para terminar em grande, uma montagem das cabeças falantes de Michael na primeira temporada do The Office americano, e links para os dois guiões citados.

    Guião de The Office

    Guião do piloto de Modern Family (ainda chamado My American Family)

    2 comentários em “Perguntas & Respostas: Como escrever cabeças falantes”

    1. Ótimas dica, mas eu fiquei com uma dúvida: E cena anterior continuasse? Por exemplo, a cena inicial do roteiro da série “Moderny Family” é na cozinha, em seguida vem a entrevista. Mas e depois da entrevista a cena da cozinha voltasse?

      Estou passando por esse problema que estou escrevendo porque tenho “cabeças falantes” que entremeiam todo o roteiro, comentando as cenas. Então quando estou escrevendo fico em dúvida como escrever. Agora uso o “CROSS CUT” deixando um cabeçalho para essa cena e depois só monto algo como uma transição como no episódio da série “New Girl”.

      Queria saber o que você pensa a respeito.
      Sou um fã do seu site aqui de Fortaleza, Ceará, Brasil.
      Att Francimário Magalhães

      1. Em princípio bastará colocar um novo cabeçalho, normal, eventualmente indicando tratar-se de uma continuação, se for esse o caso.

        INT. COZINHA – DIA
        Descrição da cena, etc.

        ENTREVISTA DE PHILL E CLAIRE
        Descrição das “cabeças falantes”, etc.

        INT. COZINHA – CONTINUAÇÃO
        Descrição, etc.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.