Avançar para o conteúdo

O segredo da produtividade de Jerry Seinfeld

    Há muitos anos atrás encontrei um artigo que teve um impacto profundo na forma como organizo a minha vida e o meu trabalho. O título era o mesmo que estou a usar neste artigo; imagino que se me atraiu a mim também vá atrair alguns leitores, e espero que seja tão útil para esses leitores como tem sido para mim.

    O autor do artigo, um programador chamado Brad Isaac, recorda a altura em que encontrou o comediante Jerry Seinfeld e este partilhou consigo o segredo para se tornar um melhor humorista.

    Era muito simples: escrever todos os dias.

    Mas Seinfeld não ficou por aí. Partilhou também a dica de produtividade que utiliza para conseguir esse objetivo de escrever todos os dias.

    O método é fácil mas tem bases psicológicas profundas. Trata-se de colocar um calendário na parede e cruzar com um X vermelho cada dia em que escrevemos.

    Ao fim de alguns dias, começa a formar-se uma pequena corrente de X’s vermelhos. A partir daí, como Jerry Seinfeld explica, é só uma questão de “não quebrar a corrente“.

    Porque é que isto funciona? James Clear, o autor do livro Hábitos Atómicos, explica-o muito bem (tradução minha):

    A diferença que uma melhoria minúscula pode fazer ao longo do tempo é impressionante. A matemática funciona assim: se conseguir ficar 1 por cento melhor em cada dia durante um ano, terminará trinta e sete vezes melhor no final desse período. Pelo contrário, se ficar 1 por cento pior cada dia ao longo de um ano, irá diminuir praticamente até ao zero.

    Mais adiante:

    O objetivo de todos os desportos é terminar com a melhor pontuação, mas seria ridículo passar todo o jogo de olhos fixos no  marcador. A única forma de ganhar é ficar melhor em cada dia que passa. Nas palavras de Bill Walsh, triplo vencedor do Super Bowl, “A pontuação cuida de si mesma.” Isto verifica-se igualmente em outras áreas da nossa vida. Se quer melhores resultados, esqueça os objetivos. Em vez disso, foque-se nos sistemas.

    E mais adiante ainda:

    Isto não quer dizer que os objetivos são inúteis. No entanto, tenho verificado que os objetivos são bons para planear o progresso e os sistemas são bons para realmente conseguir progresso. Os objetivos dão a direção e até podem dar motivação no curto prazo, mas um sistema bem pensado sairá sempre vencedor. Ter um sistema é o que realmente conta. Comprometer-se com o processo é o que faz a diferença.

    O que Jerry Seinfeld sugere, então, é um sistema. Em vez de nos focarmos em escrever melhores piadas (o objetivo), devemos focar-nos em escrever algumas piadas todos os dias (o sistema).

    Dessa forma, as boas piadas ir-se-ão acumulando naturalmente, de forma mais segura e garantida do que se tentarmos escrever mil num único dia de trabalho muito intenso.

    Consistência em vez de intensidade, esse é o segredo de Jerry Seinfeld e de muitas outras pessoas bem sucedidas em todos os campos de actividade.

    Ou, como dizia um outro autor, Jim Rohn, “O sucesso são algumas disciplinas, praticadas todos os dias; enquanto o fracasso é simplesmente alguns erros de julgamento, repetidos todos os dias.

    Os X’s vermelhos são apenas um lembrete visual de que temos um sistema em curso, e um poderoso lembrete, na realidade.

    Nunca usei o método do calendário de parede, mas tenho usado outros tipos de soluções, como diários ou aplicativos próprios, para aplicar o mesmo princípio de “não quebrar a corrente” em áreas tão diferentes como a meditação, a corrida ou os hábitos de leitura.

    A mesma lógica pode aplicar-se para manter em marcha sistemas de aperfeiçoamento em qualquer outro aspecto da nossa vida.

    Se quer iniciar ou consolidar algum hábito ou sistema, siga a dica do Seinfeld e vá já comprar um calendário grande e um marcador vermelho.

    Depois, é só não deixar quebrar a corrente. Continua a funcionar para o Seinfeld, aparentemente.

    O artigo original pode ser lido aqui =>

    2 comentários em “O segredo da produtividade de Jerry Seinfeld”

    1. Obrigado pelo precioso conteúdo. Gostei sobretudo de: “… sistemas de aperfeiçoamento em qualquer outro aspecto da nossa vida. Se quer iniciar ou consolidar algum hábito ou sistema, siga a dica do Seinfeld e vá já comprar um calendário grande e um marcador vermelho. … meditação, … os hábitos de leitura. … Jim Rohn: “O sucesso são algumas disciplinas, praticadas todos os dias; enquanto o fracasso é simplesmente alguns erros de julgamento, repetidos todos os dias. “ … os objetivos são bons para planear o progresso e os sistemas são bons para realmente conseguir progresso. Os objetivos dão a direção e até podem dar motivação no curto prazo, mas um sistema bem pensado sairá sempre vencedor. Ter um sistema é o que realmente conta. Comprometer-se com o processo é o que faz a diferença. … James Clear, o autor do livro Hábitos Atómicos …”

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.