Entrada do teatro Royal Court

CHAMADA PARA ESCRITORES E DRAMATURGOS LUSÓFONOS

Um dos muitos bons teatros de Londres, o Royal Court Theatre, que se auto-define como “o teatro dos escritores“, abriu uma consulta aos autores da Lusofonia.

Durante um período limitado irão analisar peças de teatro originais em português, com vista a iniciar uma colaboração com os dramaturgos selecionados. Veja abaixo o comunicado ou consulte a página diretamente no site do Royal Court.

Chamada para escritores e dramaturgos Lusófonos

O Royal Court Theatre está abrindo um novo processo de envio de roteiros para escritores que trabalham em outros idiomas além do inglês. A cada ano, aceitamos peças enviadas em um novo idioma por um período específico de tempo. Este ano, iniciamos o processo com uma chamada para escritores e dramaturgos lusófonos, aberto a todos que trabalham em português onde quer que estejam sediados no mundo. Enviar uma peça para nós geralmente é o ponto de partida de um relacionamento com um dramaturgo e o nosso entusiasmo é imenso em descobrir escritores e artistas cujo trabalho é desconhecido pelo nosso time.
O Royal Court estará trabalhando com uma equipe especializada de leitores em português que também são profissionais do teatro (diretores, tradutores, atores, encenadores e dramaturgos) para ler e discutir o trabalho que recebemos. A abertura de um prazo de envio de roteiros poderá ser um ponto de partida para novos relacionamentos e conversas com escritores que poderão se envolver em outras partes do nosso programa internacional, seja através da tradução de peças para o inglês, residências com o Royal Court ou participação em grupos de escritores.
Informações completas sobre os critérios de submissão estão disponíveis abaixo, caso você tenha alguma dúvida não abordada aqui, entre em contato conosco através do email international@royalcourttheatre.com.

João Nunes

João Nunes é um autor, guionista e storyteller apaixonado por contar estórias e ajudar outras pessoas e marcas a contar as estórias delas. Divide o seu tempo entre Portugal, Brasil e Angola, tendo já escrito mais de 3500 páginas de guiões produzidos de longas metragens, telefilmes, séries de televisão e curtas.

A sua opinião é importante. Deixe-a aqui:

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Shopping Cart
  • Your cart is empty.
Scroll to Top