Avançar para o conteúdo

argumento de “Avó DeZanove” nomeado nos prémios sophia

    Foram anunciados ontem os nomeados para os Prémios Sophia 2023 da Academia Portuguesa de Cinema. Tenho a honra de estar entre os nomeados, na categoria de Melhor Argumento Adaptado, com o guião do filme “Avó Dezanove e o Segredo do Soviético”, que escrevi a partir da obra homónima do escritor angolano Ondjaki.

    O filme foi dirigido pelo realizador moçambicano João Ribeiro e a produção ficou a cargo da sua produtora Kanema e da portuguesa Fado Filmes.

    Pode ver o anúncio da nomeação neste vídeo, ao minuto 38:

    Melhor Argumento Adaptado ao minuto 38.

    O argumento está disponível aqui, e também já partilhei o tratamento que lhe deu origem, noutro artigo. Quem estiver interessado pode assim ajuizar do mérito ou desmérito dessa nomeação.

    Há alguns anos atrás um outro guião meu, “O Cônsul de Bordéus”, foi também nomeado para os Prémios Sophia. Dessa vez fiquei apenas pelas nomeações; se este ano irá ou não ser diferente, só ficaremos a saber na cerimónia de entrega dos prémios, que se realizará a 21 de Maio, no Casino Estoril.

    Seja como for, esta nomeação tem um sabor muito especial, por várias razões: pela satisfação que me deu adaptar um livro lindo, que descreve magicamente aspetos do meu país natal, Angola, que não tive oportunidade de conhecer pessoalmente; porque a Academia de Cinema dedicou o ano de 2023 à escrita de argumento e aos argumentistas, sob o tema “o ano de todas as histórias”; e porque é também neste ano que o grande argumentista Carlos Saboga, que conheci durante a escrita do meu primeiríssimo guião, vai receber um mais que merecido Prémio de Carreira.

    Os quatro nomeados na categoria de Melhor Argumento Adaptado foram:

    MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

    • João Botelho e Maria Antónia Oliveira, UM FILME EM FORMA DE ASSIM, adaptado da obra “Uma Coisa em Forma de Assim”, de Alexandre O’Neill
    • João Nunes, AVÓ DEZANOVE E O SEGREDO DO SOVIÉTICO, adaptado da obra “Avó Dezanove e o Segredo do Soviético”, de Ondjaki
    • Luís Mário Lopes, João Mário Grilo e Inês Beleza Barreiros, CAMPO DE SANGUE, adaptado da obra “Campo de Sangue”, de Dulce Maria Cardoso
    • Rita Azevedo Gomes, O TRIO EM MI BEMOL, adaptado da obra “Le Trio en Mi Bémol”, de Éric Rohmer

    Já na categoria de Melhor Argumento Original, os nomeados foram:

    MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

    • Cláudia Varejão, LOBO E CÃO
    • Cristèle Alves Meira e Laurent Lunetta, ALMA VIVA
    • Tiago R. Santos e Luís Filipe Rocha, NUNCA NADA ACONTECEU
    • Tiago Rodrigues e Tiago Guedes, RESTOS DO VENTO

    A todos os nomeados nos prémios Sophia, os meus parabéns.

    Para conhecer os nomeados nas outras categorias, incluindo Melhor Filme, veja o vídeo acima ou consulte diretamente o site da Academia Portuguesa de Cinema.

    2 comentários em “argumento de “Avó DeZanove” nomeado nos prémios sophia”

    Deixe um comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.