Avançar para o conteúdo

Noitada

    São três e vinte e cinco da manhã e estou na agência a bumbar, como se diz por aqui. Ou melhor, estou í  espera que… Ler mais »Noitada

    Nacionalistas

      “Nacionalistas” é o nome de guerra de um grupo de criadores angolanos.

      A Selva

        Hoje vi “A Selva” no Lusomundo Gallery. “A Selva”, ou o que restou dela, depois de um corte e recorte “selvático” (perdoem-me o trocadilho). Não… Ler mais »A Selva

        Provérbio

          Ainda da mesma homilia (que, como se vê, foi rica em sabedoria popular) um dito antigo angolano: “Não apagues as pegadas do leão”.

          Natchamba

            Na missa de hoje, na Sagrada Famí­lia, o padre enriqueceu a homilia com uma história tradicional sobre a ingratidão. Reza assim: Havia uma macaca chamada… Ler mais »Natchamba

            Pilas

              Um hábito desagradável que os angolanos (ou, pelo menos, os luandenses) têm é o de urinar para onde estão virados. Quando a necessidade aperta, independentemente… Ler mais »Pilas

              Kalulu

                A minha cozinheira Domingas presenteou-me hoje com um prato típico angolano: o kalulu de carne seca. O G., um colega brasileiro, almoçou comigo e pode… Ler mais »Kalulu

                Update Marburg

                  Do site da Nexus, que está sempre mais ou menos actualizado, as últimas notí­cias sobre a epidemia de febre hemorrágica: As autoridades sanitárias angolanas não… Ler mais »Update Marburg

                  Nota técnica

                    Para quem tenha curiosidade por estas coisas da net, este blog é mantido graças a um programa “open source” (isto é, grátis) chamado Word Press.