Pilas

Um hábito desagradável que os angolanos (ou, pelo menos, os luandenses) têm é o de urinar para onde estão virados. Quando a necessidade aperta, independentemente de onde estão ou de…

Leia O Artigo Pilas

Kalulu

A minha cozinheira Domingas presenteou-me hoje com um prato típico angolano: o kalulu de carne seca. O G., um colega brasileiro, almoçou comigo e pode confirmar que o resultado foi…

Leia O Artigo Kalulu

Update Marburg

Do site da Nexus, que está sempre mais ou menos actualizado, as últimas notí­cias sobre a epidemia de febre hemorrágica: As autoridades sanitárias angolanas não registaram nenhum caso novo de…

Leia O Artigo Update Marburg

Dodó Miranda

Na terça-feira passada arranjei um convite para assistir a um concerto no Hotel Trópico organizado pela Embaixada da Noruega no âmbito do programa de comemorações do centenário da independência do…

Leia O Artigo Dodó Miranda

Chineses

Angola está cheia de chineses, mas passam despercebidos. Estão cá em virtude de uma linha de crédito de não sei quantos biliões de dólares que o governo chinês abriu a…

Leia O Artigo Chineses

Prémio

A agência recebeu um bronze no Festival de Espinho, dedicado í  publicidade em lí­ngua portuguesa. É o primeiro da agência e, se não me engano, de qualquer agência angolana. Ainda…

Leia O Artigo Prémio

Memórias Revolucionárias

Todos os dias, a caminho da agência, contorno o Hospital Militar. As suas paredes estão cobertas com pinturas murais do tempo da independência. Frases como "Alfabetizar é um dever revolucionário"…

Leia O Artigo Memórias Revolucionárias

Jeep

Ganhei um Toyota Rav4 para as minhas deslocaíões aqui em Angola. É azul petróleo, três portas, motor 2.2 a gasolina. Tem duplo tecto de abrir, rádio com leitor de cd's…

Leia O Artigo Jeep

Luanda de novo

Um voo óptimo, por sinal; comida nem melhor nem pior do que a da TAP ou Varig (para falar das que conheío melhor); pessoal de cabina simpático e eficiente quanto baste;nada de turbulências nem agitaíões; uma descida suave e uma aterragem perfeita. A única desvantagem, a meu ver, é que a aeronave - um Boeing 747 - não tinha programaíão de bordo; nem música nem filmes.O melhor, contudo, ainda estava para vir.

Leia O Artigo Luanda de novo